Roberto Simon é eleito vice-presidente da UIA

Data: 09/09/2017

Departamento: Nacional

O arquiteto Roberto Simon foi eleito neste sábado, 9 de setembro, vice-presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA) para as Américas. A eleição ocorreu na Assembleia Geral da UIA, em Seul. Em julho, na 131ª Reunião do Conselho da UIA, em Kuala Lumpur (Malásia), o nome de Simon foi indicado ao cargo e contou com o apoio de todos os candidatos ao conselho da entidade internacional dos arquitetos.
 
Simon é o terceiro brasileiro a ocupar um cargo na direção executiva da UIA. Os conterrâneos que o sucederam foram Jaime Lerner (presidente 2002/2005) e Miguel Pereira (vice-presidente para as Américas entre 1999 e 2002). Simon substitui o colega costa-riquenho Carlos Alvarez.
 
Carioca, Simon se formou na Universidade Federal do Paraná e fez mestrado na Universidade Federal de Santa Catarina, estado onde se estabeleceu. O arquiteto, que é o representante do IAB na UIA, foi ex-presidente do IAB-SC, conselheiro federal do CAU/BR e atualmente ocupa também o cargo de ouvidor geral do CAU/BR.
 
Para Roberto Simon, o novo desafio é cercado de alegria e de preocupação. Ele cita como desafio para os próximos anos a realização do 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), de cuja comissão organizadora faz parte. Em termos mundiais, aponta como prioridade a luta pela redução da emissão de gases de efeitos estufa, em especial das construções.
 
O presidente do IAB, Sérgio Magalhães, destacou a eleição de Simon para a vice-presidência da UIA como mais uma vitória brasileira. “Após recebermos a missão de organizar o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, no dia 7 de setembro, temos novamente um brasileiro na direção executiva da UIA. Simon certamente contribuirá muito com as atividades da nossa entidade internacional e será fundamental na organização do UIA2020RIO, como vem sendo desde a apresentação da candidatura brasileira para sediar o evento em Durban, em 2014”, afirmou.
 
Para o presidente da FNA, Cícero Alvarez, a eleição de Roberto Simon “enche-nos de orgulho e de esperança de uma atuação ainda mais forte do Brasil junto à UIA. Também será importante para a organização do Congresso de 2020 no Rio e para uma atuação sincronizada das entidades nacionais dos arquitetos e urbanistas”. Cícero Alvarez ocupa atualmente a coordenação-geral do CEAU (Colegiado das Entidades dos Arquitetos e Urbanistas do CAU/BR).
Nadia Somekh, que foi suplente de Roberto Simon no Conselho da UIA, afirmou que sua eleição será muito importante para a Região 3 e para o Brasil por dar condições a ele de implementar sua proposta de trabalho dentro da organização contemplando incorporação tecnológica, transparência e participação, “elementos essenciais para a concretização do nosso Congresso Mundial de 2020”.
 
Já o presidente do CAU/RJ, Jerônimo de Moraes, destacou que a indicação unânime de Roberto Simon ao cargo de vice-presidente da UIA para as Américas demonstra o fortalecimento da presença brasileira na entidade.  “Arquiteto experiente, foi conselheiro da UIA e participou de várias comissões da entidade internacional de arquitetos. Não tenho dúvidas de que o colega vai contribuir muito à UIA e será fundamental na organização do UIA2020RIO”, disse.
 
Para o presidente do CAU/SP, Gilberto Beleza, a eleição de Simon coroa a importante atuação dele junto à UIA, na defesa da profissão, além do reconhecimento do papel do IAB e do Brasil no quadro da arquitetura mundial.
 

Post sem comentários! Comentar o post