Jaime Lerner não será jurado no Concurso do BNDES

Data: 02/04/2014

Departamento: Nacional

O arquiteto Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba e ex-presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA), anunciou nesta terça-feira que não será mais parte do júri do concurso de arquitetura para seleção de anteprojeto para o edifício anexo do BNDES. Lerner decidiu pela saída porque, como ex-presidente da UIA, não poderia participar de um concurso que não é endossado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

Desde fevereiro, o IAB se manifestou publicamente contra o concurso, que não respeita as diretrizes da UIA, órgão consultivo da Unesco, e nem as normas de concursos do Instituto de Arquitetos. A entidade solicitou formalmente que o BNDES alterasse o regulamento, especialmente no que diz respeito aos direitos autorais do arquiteto e à contratação do projeto vencedor para o desenvolvimento do projeto, mas o pedido não foi atendido.

Jaime Lerner é fundador do Instituto Jaime Lerner e da Jaime Lerner Arquitetos Associados (JLAA), foi presidente da (UIA) no período 2002-2005, assim como três vezes prefeito da cidade de Curitiba (1971, 1979 e 1989) e duas vezes governador do Estado do Paraná (1995 e 1999).

Imagem: Victor Soares/Agência Brasil

Post sem comentários! Comentar o post

Comentários (03)

Parabéns ao Jaime Lerner!
A atitude reforça sua credibilidade e seu compromisso com a classe.

responda esse comentário>>

Parabéns, Jaime Lerner! Felizmente ainda contamos com pessoas corretas e coerentes com seu desempenho profissional, ao longo de sua bonita carreira.

responda esse comentário>>

Parabéns mestre!

responda esse comentário>>