IAB-RJ apresenta estande brasileiro para o UIA2017SEOUL

Data: 09/05/2017

Departamento: IAB RJ

A proposta dos arquitetos Alexandre Kuroda, Renata Portelada e Thomas Takeuchi e dos estudantes de arquitetura Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi para o estande brasileiro no 26º Congresso Mundial de Arquitetura – UIA2017SEOUL foi a vencedora do Concurso Estande Seul. Promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), com organização do IAB-RJ, a competição recebeu 85 inscrições, e 51 trabalhos foram entregues. O resultado foi divulgado em cerimônia no auditório da Casa do Arquiteto Oscar Niemeyer, sede do IAB-RJ, na noite de terça-feira, 9 de maio.

Clique aqui para baixar a ata do júri

Para a comissão julgadora, composta por Luiz Fernando Janot, João Pedro Backheuser e Cláudio Crispim, o trabalho da equipe liderada por Kuroda magnetiza a atenção do passante por sua hipnótica fita flutuante em meio a uma estrutura de permeabilidade visual plena, que condiz com o perfil aberto e expansivo do carioca. “De uma contemporaneidade marcante, o ato de co-criar, tão caro à geração atual em todo o mundo, é realizado através da disponibilização de adesivos aos visitantes, que modificam o espaço ao sabor da intervenção coletiva. Este ato extrapola as fronteiras da interatividade, assumindo a colaboração como condição para a existência do estande”, afirmou o júri.

Com estrutura modular de 0,50 por 0,50 metros, o estande vencedor faz uma interpretação do austero racionalismo modernista, que se contrapõe com a uma sensual fita curvilínea construída com a mesma técnica da cadeira tipo espaguete, em referência ao design popular brasileiro. Pedras portuguesas são ainda empregadas no piso em alusão a um dos principais símbolos da cidade: o calçadão de Copacabana.

“Muito marcante na cultura brasileira, a apropriação é de caráter fundamental para completar o projeto. O público é convidado a intervir diretamente com o estande através de colagem de adesivos com mensagens. Além de promover o UIA2020RIO, o estande busca inspirar curiosidade e estabelece novos vínculos para além dos dias do congresso”, explicaram os arquitetos vencedores no memorial descritivo do projeto.

Os trabalhos de Renata Araujo, Lucas Pereira e Leonardo Dias; e de Bruno Marinho e Luiz Marinho foram classificados em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Cada um receberá um prêmio no valor de R$ 5 mil. Já os autores do projeto vencedor receberão R$ 20 mil. A comissão julgadora concedeu também menções honrosas aos trabalhos de Bruno Jin Young Kim, de Thiago Magri Benucci e de Isabela Canêdo Miranda.

Antes do anúncio dos vencedores da competição, o presidente do IAB, Sérgio Magalhães, lembrou que a promoção de concursos de projeto é uma atribuição do Instituto, que consta na ata de fundação entidade. “Dentro da perspectiva histórica do IAB, com o apoio do IAB-RJ e do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), resolvemos ampliar a consulta para escolha do estande brasileiro para o 26º Congresso Mundial de Arquitetura, alcançando assim o melhor resultado. O número de trabalhos apresentados foi expressivo. O trabalho de escolher a melhor proposta não deve ter sido fácil ao júri. Temos representações de alta qualidade”, afirmou Magalhães.

Organizado pelo IAB-RJ, com patrocínio do CAU/RJ, o concurso é um passo importante rumo ao 27º Congresso Mundial de Arquitetura – UIA2020RIO, que será realizado no Rio de Janeiro, em julho de 2020. O congresso será o maior evento do Rio após as Olimpíadas. A expectativa do IAB é de receber entre 15 mil e 20 mil arquitetos de todo o mundo na capital carioca.

Com o tema “Todos os Mundos. Um só Mundo. Arquitetura 21”, o congresso conta com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ), do Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA).

Galeria de imagens:
1 - Vencedores do concurso Estande Seul. Da esquerda para direita: Fernando Delgado, Isabela Miranda, Pedro da Luz (pres. IAB-RJ), Jerônimo de Moraes (pres. CAU/RJ), Claudio Taulois (coord. do concurso), Caio Cavalcanti, Cláudio Crispim (membro do júri), Bruno Marinho e Sérgio Magalhães (pres. IAB)
2 - Projeto vencedor. Autores: Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi
3 - Projeto vencedor. Autores: Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi
4 - Projeto vencedor. Autores: Alexandre Kuroda, Renata Portelada, Thomas Takeuchi, Caio Cavalcanti e Isadora Tebaldi
5 - Projeto classificado em 2º lugar. Autores: Renata de Oliveira Araujo, Lucas Menezes Pereira e Leonardo Fernandes Dias
6 - Projeto classificado em 3º lugar. Autores: Bruno Marinho e Luiz Marinho
7 - Menção Honrosa. Autores: Bruno Jin Young Kim, Tiago Martinelli, Alexandre Sato, Otavio Nagano, Douglas Higa e Caio Yuzo
8 - Menção honrosa: Autores: Thiago Magri Benucci
9 - Menção honrosa: Autores: Isabela Canêdo Miranda e Fernando Delgado

Galeria de imagens

Post sem comentários! Comentar o post