IAB lança Concurso Estande para UIA2017Seul

Data: 27/03/2017

Departamento: Nacional

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) publicou nesta terça-feira, 28 de março, edital do concurso nacional de ideias do estande do Brasil para o 26º Congresso Mundial de Arquitetos. A competição é aberta a arquitetos, designers, comunicadores visuais e publicitários. As bases da competição estão disponíveis no site concursoestandeseul.iabrj.org.br. Já as inscrições estão abertas e podem ser realizadas até 2 de maio.
 
Organizado pelo IAB-RJ, com patrocínio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), o concurso ocorrerá em uma única etapa. Os concorrentes deverão apresentar soluções criativas e versáteis para o estande que apresentará o Brasil / Rio de Janeiro na próxima edição do Congresso Mundial de Arquitetos, que ocorrerá em Seul, Coréia do Sul, de 3 a 10 de setembro de 2017.
 
A competição é mais uma etapa rumo ao 27º Congresso Mundial de Arquitetos – UIA2020RIO. Previsto para acontecer em julho de 2020 no Rio de Janeiro, evento deve reunir entre 15 mil e 20 mil arquitetos de todo o mundo.
 
Em março, o Conselho da União Internacional de Arquitetos (UIA) aprovou, por unanimidade, a organização espacial proposta para o UIA2020RIO. Apresentado pelo conselheiro do IAB, arquiteto Roberto Simon, e um dos quatro conselheiros representantes das Américas junto à UIA, a ideia é desenvolver as atividades do congresso no Centro do Rio, especialmente no eixo histórico da antiga Avenida Central, hoje Avenida Rio Branco.
 
Com o tema “Todos os Mundos. Um só Mundo. Arquitetura 21”, o UIA2020RIO será o maior evento do Rio de Janeiro pós-Olimpíadas. Além do CAU/RJ, o congresso conta com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ), do Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA).

Post sem comentários! Comentar o post