Exposição de Arquitetura Contemporânea na Amazônia – XAMA

Data: 22/03/2018

Departamento: Nacional

De 13 a 20 de agosto, na Galeria do MUSA - Museu da Amazônia (Manaus - AM), será realizada a Exposição de Arquitetura Contemporânea na Amazônia – XAMA, uma iniciativa do Núcleo AMA – NAMA. A exposição ocorrerá durante a realização do 7º Seminário DOCOMOMO Brasil / Norte-Nordeste (mais informações do Seminário em http://7docomanaus.weebly.com).
O NAMA é formado pela reunião de grupos de pesquisas das universidades públicas, artistas e arquitetos, que buscam a documentação, divulgação e preservação da arquitetura moderna na Amazônia Legal. As ações promovidas ocorrem com a realização dos Seminários de Arquitetura Moderna na Amazônia - SAMA, das campanhas de preservação e reutilização de edifícios e da divulgação das pesquisas aderentes nesta temática na Revista Amazônia Moderna.
O IAB está apoiando a exposição, dentre outras coisas, com a indicação de representantes para o Comitê de Seleção do evento.
Mais informações no site da XAMA: http://7docomanaus.weebly.com
 
Arquitetura na Amazônia Legal: 1987 a 2017
O conhecimento sobre a arquitetura da Amazônia, em grande parte, se limita na arquitetura produzida no final do século XIX e início do século XX. O crescimento urbano do Brasil impulsionado pela industrialização a partir da década de 1940 e especialmente na região da Amazônia Legal, proporcionou a ocupação e o crescimento de cidades com diversos efeitos e questionamentos sociais e ambientais. Apesar desta urbanização rápida, houve pouca discussão sobre a arquitetura produzida.
Há pouco conhecimento sobre a produção arquitetônica contemporânea. As revistas Habitat, ABA-Arquitetura Brasileira do Ano, Projeto, AU entre outras, tiveram um papel fundamental na divulgação de realizações na região até 1987. No século XXI, o portal Vitruvius iniciou as suas atividades e se tornou o principal canal de divulgação dos projetos e obras.
Por outro lado, há pequena contribuição de trabalhos da Amazônia. A falta de um espaço para a reunião dos arquitetos compromete a discussão sobre a arquitetura na Amazônia.
A XAMA será um espaço oportuno para apresentar um panorama de obras em três décadas (1987-2017).
Em 1987, o arquiteto Severiano Porto alcançou o ápice da sua trajetória profissional. O arquiteto da Amazônia foi reconhecido como o Profissional do Ano pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil. Com uma trajetória singular, Severiano Porto e Mario Emílio Ribeiro e arquitetos colaboradores inseriram a Amazônia no cenário latinoamericano. Nos anos 1990, o escritório dos arquitetos perdeu espaço nas publicações especializadas pela redução das demandas profissionais. Paralelamente, a arquitetura moderna foi compreendida como tradição na nossa arquitetura e uma nova geração de arquitetos atuantes ou formados pós-1987 tiveram, na obra desenvolvida pelo escritório de Severiano Porto, um exemplo de modernidade.
Após três décadas desse pioneiro reconhecimento amazônico, a XAMA pretende apresentar a arquitetura contemporânea na Amazônia e contribuir com a construção da historiografia, a crítica do projeto e ampliar e reforçar a cultura disciplinar.
 
Exposição de Arquitetura Contemporânea na Amazônia – XAMA
Quando: 13 a 20 de agosto de 2018
Local: Galeria do MUSA - Museu da Amazônia. Avenida Uirapuru, s/n - Cidade de Deus, Manaus - AM, CEP 69099-415.

Post sem comentários! Comentar o post