ARQ!BACANA realiza exposição e leilão beneficente em homenagem a boa arquitetura que São Paulo perdeu

Autor: Assessoria de Imprensa do ARQ!BACANA Data: 29/08/2013

Departamento: IAB SP

Em homenagem as ideias que os grandes arquitetos tiveram para contribuir com a paisagem urbana paulista, o ARQ!BACANA realiza o evento “A boa arquitetura que São Paulo perdeu”. O portal, que neste ano completou seis anos dedicados à defesa da cultura arquitetônica, convidou cerca de cinquenta dos principais arquitetos de São Paulo para participarem desta ação inédita.
 
Cada escritório cedeu o desenho de um projeto que não foi construído e que serão leiloados em beneficio da ASA – Associação Santo Agostinho, que cuida de crianças, jovens e idosos da cidade de São Paulo.
 
Executados nas mais diversas técnicas, suportes e tamanhos, os desenhos serão emoldurados e, no dia 25 de setembro, o leiloeiro oficial e arquiteto Luiz Arena comandará o leilão desses projetos não construídos, no Instituto Tomie Ohtake, com toda a renda revertida para a ASA.
 
Após o leilão e a abertura da exposição para os arquitetos e convidados dos patrocinadores, todas as obras permanecerão em exibição, até 29 de setembro, no mesmo local, com entrada gratuita para o público em geral.
 
O objetivo desta ação, além de seu cunho social, é de resgatar todo o potencial criativo, e por que não afetivo desses projetos, assim como homenagear as ideias e sonhos desses arquitetos comprometidos permanentemente com a qualidade e a beleza do meio ambiente construído em nossa cidade.
 
Da mesma maneira que o evento “Croquis em Guardanapo”, realizado no ano de 2012, atraiu um grande número de arquitetos, colecionadores, estudantes e amantes da cidade de São Paulo – arrecadando mais de 70 mil reais para a ASA –, o projeto deste ano tem o mesmo objetivo: celebrar o encontro e o debate sobre arquitetura, da nossa paisagem construída e, ao mesmo tempo, contribuir com o trabalho sério e inspirador da associação.
 
O portal ARQ!BACANA, mais uma vez, ressalta a importância da discussão e divulgação da boa arquitetura e, neste caso, a que São Paulo deixou de ganhar, dentro de um contexto cultural, lúdico e com um objetivo e efetiva ação social.
 
Pela grande homenagem que a proposta faz à arquitetura e aos arquitetos, pelo seu ineditismo e pelas ambições pelas quais se expressa e acontece, com certeza este evento será mais uma contribuição na discussão da paisagem urbana paulista.
 
Esse evento conta com o patrocínio da Roca, Knauf Drywall, Securit, Bticino e Bona, com apoio da Gail e Holcim, e parceria da Artebela e Instituto Tomie Ohtake.
 
Alguns dos escritórios de arquitetura participantes:
Aflalo & Gasperini
Andrade Morettin
Batagliesi Arquitetos+Designers
Biselli + Katchborian
Boldarini Arquitetura e Urbanismo
Brasil Arquitetura
Carlos Bratke
Decio Tozzi
Eduardo de Almeida
Eduardo Longo
Fernando Brandão Arquitetura+Design
FGMF: Forte, Gimenes e Marcondes Ferraz
Grupo SP
Gustavo Penna Arquiteto e Associados
Königsberg Vannucchi
Loeb Capote Arquitetura
Marcos Acabaya
Mauro Munhoz
METRO Arquitetura
Reinach Mendonça
Rocco, Vidal + Arquitetos
Ruy Ohtake
Sidônio Porto Arquitetos Associados
Studio MK 27
UNA Arquitetos
Hector Vigliecca
Zanettini Arquitetura Planejamento

 
LEILÃO “A BOA ARQUITETURA QUE SÃO PAULO PERDEU”
Quando 25 de setembro, quarta-feira, às 20h
Onde Instituto Tomie Ohtake – Rua Coropés, 88 – São Paulo – SP

Observação: Evento restrito a convidado

EXPOSIÇÃO “A BOA ARQUITETURA QUE SÃO PAULO PERDEU”
Quando de 26 a 29 de setembro, das 11h às 20h
Onde Instituto Tomie Ohtake – Av. Faria Lima, 201 – entrada pela Rua Coropés – São Paulo - SP
Quanto entrada gratuita – aberto ao público em geral
Informações 11.2245.1900

Post sem comentários! Comentar o post